Artigos

Networking em meio à pandemia: conexão entre pessoas fortalece os negócios

Artigo escrito por André Luís Mantovani, diretor executivo BNI Noroeste Paulista

O mundo mudou mais nos últimos três meses do que em toda a nossa história recente. Conversando com o meu pai, que tem seus quase 70 anos, perguntei se ele lembrava de tamanha transformação. Depois de poucos segundos em silêncio, ele respondeu: claro que não.

Eu gosto de mudanças, fico entediado quando as coisas se tornam monótonas ou repetitivas. A situação Covid-19 mostra, entre outras coisas, a enorme capacidade do ser humano de se adaptar e se reinventar.

Há dois anos, tive a experiência de começar a trabalhar remotamente em um dos meus negócios. Com o objetivo de colocar a equipe em home office e reduzir custos, cheguei a sugerir aos meus sócios para fecharmos os escritórios e adotarmos o teletrabalho. Eles não gostaram muito da ideia. E hoje estamos aqui, todos em home office.

De fato, haverá mudanças no mundo e nas nossas relações pós Covid-19. Estamos vivendo uma espécie de limbo, de adaptação para o novo normal, que virá somente depois da pandemia.

Só que, diferentemente da revolução digital que veio em doses homeopáticas, a revolução Covid-19 na economia nos força a trocar o óleo do carro com ele em movimento, isto é, nos reinventar enquanto sobrevivemos. Coisa em que nós, empreendedores, somos especialistas.

Ter um negócio amanhã dependerá das atitudes que você tomar hoje! E, agora, o networking é ainda mais fundamental para tirar você da solidão empresarial e ajudá-lo a projetar o seu negócio.

Mas como fazer networking em plena pandemia, com a necessidade do distanciamento social? Plataformas digitais se tornaram ótimas alternativas para nos ajudar a ter reuniões cara a cara com nossos contatos. Ressalto que networking não é uma oportunidade para fazer uma conexão de venda. Por isso, foque no relacionamento e mantenha-se sempre positivo. As pessoas estão em casa ou isoladas em algum canto. Ter alguém que faça um contato somente para saber como elas estão já é uma grande forma de fortalecer um relacionamento. 

Todo dia, ao ligar para os meus contatos, a reação das pessoas é engraçada ao esperar que eu diga o motivo da chamada. Mas, quando digo que só liguei para saber como estão, consigo sentir aquela energia boa do outro lado da chamada. Essa pandemia vai entrar para a história! Nós somos os protagonistas e seremos testemunhas do que estamos vivendo para compartilhar com as futuras gerações.

Escrever uma bela história está em nossas mãos. Qual será o enredo que você contará? Um drama ou uma história vencedora e de superação?

Pense nisso! E continue sempre fazendo networking!

 

André Luís Mantovani, diretor executivo BNI Noroeste Paulista, MBA em Gestão Estratégica de Negócios.    

Por Da Redação em 24/06/2020 01:06
Taflex 28/05/2020