Artigos

Nossa edição de número 1.000

Artigo escrito por Frederico Tebar, fundador da Gazeta de Rio Preto.

Chegamos a edição impressa de número 1.000. O projeto nasceu em setembro de 2.000, com um formato voltado para o social, o entretenimento e o cultural - na época encabeçado por Haydée & Magaly, então com bagagem respeitável ao atuarem em alguns dos maiores veículos impressos dos últimos 30 anos. Em 2015, já entendendo a revolução digital nos veículos de comunicação, resolvemos virar chave. Idealizamos um veículo de maior abrangência chamando-o de “jornal dos novos tempos” – com foco diário no online somado a uma edição impressa semanal. O histórico de jornais que ficaram pelo caminho é muito maior do que os que vingaram. Por isso, desenhar um veículo inspirado nos já existentes seria como sentar e esperar o mesmo resultado. Gazeta de Rio Preto nasceu com números modestos, mas com muita estratégia. Alguns anos depois já havia tomado seu espaço na web.

Diferentemente das tiragens impressas em que cada um “falava o que queria”, no online a comprovação é nítida e muito mais transparente. Hoje, a Gazeta de Rio Preto está posicionada como um dos mais fortes veículos da região. São cerca de 500 mil acessos no portal; no Facebook são 82 mil seguidores e alcance mensal de 800 mil pessoas. No Instagram, outra plataforma em que o leitor tem acesso a todas as nossas noticias – sem restrições – são 114 mil seguidores e mãos de 2 milhões de visualizações/mês. Também temos 7.500 assinantes que todos os dias recebem gratuitamente as principais notícias por meio de um boletim enviado via WhatsApp.

Na era da internet, o prédio imponente e o parque gráfico gigante já não tem peso dois, pelo contrário, são vistos como problemas a resolver. O jornalismo se democratizou: ficou mais fácil noticiar e mais fácil ter acesso à informação. Então, mesmo com todas as dificuldades do mercado ainda instável diante de tantas mudanças, é possível afirmar uma melhora substancial na comunicação. A notícia sempre existirá, o que mudará constantemente é forma de apresentá-la. É nisso que acreditamos.

Frederico Tebar, fundador Gazeta de Rio Preto.

Por Frederico Tebar em 24/09/2021 00:04