Redes Sociais

Cidades

Romaria de Castores, em Onda Verde, deverá reunir 80 mil fiéis de toda a região

No dia 5 de agosto acontece a tradicional Romaria de Castores com milhares de fieis cumprindo caminhada de 20 km

Publicado há

em

Uma das manifestações de fé mais tradicionais da Região Noroeste Paulista será realizada no dia 5 de agosto: a Romaria de Castores, em Onda Verde. Cerca de 80 mil fiéis de toda a região são esperados nesta celebração, que este ano completa 106 anos. A distância percorrida pelos romeiros entre São José do Rio Preto  e Onda Verde é de cerca de 20 quilômetros.

A maior parte da caminhada é feita pelo rodovia Transbrasiliana (BR-153). Por isso, a Polícia Rodoviária Federal vai reforçar o policiamento para garantir a segurança dessas pessoas e dos motoristas. 

A programação religiosa começa à meia-noite, o bispo da Diocese de São José do Rio Preto, dom Tomé Ferreira da Silva, celebra a primeira missa de quarta para quinta-feira, dia 6 de agosto. As celebrações ocorrem de duas em duas horas até as 17h de quinta-feira, quando o bispo volta ao altar para o encerramento. A Novena em preparação para a Festa do Senhor Bom Jesus dos Castores acontecerá de 28 de julho a 5 de agosto, sempre com um tema e a participação dos padres da diocese. A grandiosa quermesse  com diversas barracas de comidas típicas será realizada nos dias 5, a partir das 20h, e no dia 6 de agosto o dia todo. No domingo, dia 9 de agosto, haverá o leilão de gado e de prendas. 

O Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus monta todos os anos uma grande estrutura para receber os milhares de fiéis que vão participar da festa. O evento é uma das mais expressivas demonstrações de fé verificadas na Diocese. “É uma história de devoção que começou em 1909. Uma família teve seus pedidos atendidos, e hoje a procissão atrai romeiros de toda a região. Só na quinta são esperadas aproximadamente 50 mil pessoas no Santuário”, diz o padre Alexandre Ferreira, reitor do santuário e também padre de Onda Verde.

Durante os 20 quilômetros de percurso entre Rio Preto e o santuário, voluntários oferecem água e lanches aos romeiros. No percurso serão oferecidos banheiros químicos e quatro viaturas de inspeção de tráfego para percorrer o trecho em companhia dos romeiros. A concessionária irá posicionar ainda dois painéis de mensagens variáveis, com frases alertando os motoristas sobre a existência de pedestres no acostamento. Esses equipamentos serão posicionados em pontos específicos da rodovia.

História

O senhor Tomé Correia de Paiva, por volta de 1900, teve visões em um altar que conservava em sua casa: ali a imagem do Senhor Bom Jesus dos Castores era envolta por uma luz. O sinal foi entendido 

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS