Redes Sociais

Cidades

Garçonete de 24 anos é encontrada morta em Rio Preto

O corpo da jovem foi encontrado em uma casa no bairro João Paulo 2º; Em Catanduva, um rapaz de 21 anos morreu de mal súbito durante prova do laço

Publicado há

em

Uma mulher foi encontrada morta dentro da própria casa, no bairro João Paulo 2º, no início da tarde de domingo (dia 2). A vítima não apresentava sinais de violência e as portas do imóvel não tinham nenhum sinal de arrombamento.

De acordo com a Polícia Militar, a garçonete Arikedny da Silva Mendes de 24 anos foi encontrada morta por um amigo que morava junto com ela. A garçonete estaria deitada em um colchão na sala.

O amigo relatou aos policiais que teria viajado no dia anterior e ao retornar encontrou o corpo da garçonete sem sinais vitais. Imediatamente ele chamou a PM. Próximo a vítima, policias encontraram substâncias semelhantes a cocaína.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Preto para a realização de exames necroscópicos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e, até o momento, a causa da morte ainda não foi divulgada. A substância encontrada também foi recolhida para analise.

Catanduva

O estudante de zootecnia Delvair Scaldelai Neto, 21 anos, morreu na noite de sábado (dia 1)  após sofrer um mal súbito, durante um treinamento de prova do laço, em um sítio na cidade de General Salgado.

Antes da queda, o rapaz chegou a se queixar com colegas, dizendo que estava se sentindo mal e com tremedeira. Logo em seguida, ele teria perdido o equilíbrio e caído do animal em que estava montado.

Amigos da vítima que acompanhavam os treinos prestaram os primeiros socorros a vítima que foi encaminhada até a Santa Casa de General Salgado, aonde já chegou sem vida.

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS