Redes Sociais

Cidades

Justiça suspende greve dos médicos em Rio Preto

Decisão do vice-presidente do Tribunal de Justiça, Eros Picelli, determina o retorno imediato dos profissionais de saúde

Publicado há

em

Depois de três dias de caos na saúde pública de Rio Preto em função da greve dos médicos, a Justiça determinou que os profissionais retornem nesta quarta-feira (dia 26) ao trabalho. A decisão é do vice-presidente do Tribunal de Justiça, Eros Picelli, com data de terça-feira ( dia 25), que estão no detalhe da foto.

“Nos termos do artigo 241 do Regimento Interno deste Tribunal de Justiça, restando infrutífera a tentativa de conciliação entre as partes, conforme se vê às fls. 116/118 e 128/131, distribua-se, com urgência, o presente feito a um dos membros do Órgão Especial. Até análise pelo relator sorteado, mantenho a decisão de fls. 81/83 que determina que os servidores se abstenham de paralisar os serviços. Intimem-se”, consta na decisão. O Gazeta de Rio Preto apurou que a Secretaria Municipal de Saúde está notificando neste momento o Sindicato dos Médicos e anexando a decisão para que os profissionais voltem ao trabalho imediatamente. Com a greve, os atendimentos foram prejudicados nas Unidades Básicas de Saúde e no Ambulatório de Especialidades (ARE) em função da paralisação.

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS