Redes Sociais

Cidades

Polícia registra duas tentativas de homicídio na noite de domingo em Rio Preto

As ocorrências aconteceram na zona norte da cidade. No bairro Cidadania, uma mulher foi atingida por dois tiros disparados por um desconhecido. Pouco tempo depois, no Solo Sagrado, um homem foi socorrido após levar uma facada da namorada

Publicado há

em

Duas tentativas de homicídio foram registradas no plantão policial na noite de domingo (dia 16) em Rio Preto. No bairro Cidadania, uma mulher foi atingida por dois tiros disparados por um desconhecido. Pouco tempo depois, um homem foi precisou ser socorrido às pressas para um hospital da cidade, após ser atingido por uma faca.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h de ontem, a operadora de marketing D.P., de 28 anos, saia de uma mercearia localizada na avenida Américo Agreli, no bairro Cidadania, quando foi atingida por dois disparos de arma de fogo.

A vítima foi socorrida por populares até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Santo Antônio e de lá foi encaminhada para Hospital de Base. Em depoimento à polícia, testemunhas disseram que três homens discutiam próximo ao estabelecimento e um deles teria sacado um revólver e efetuado os três disparos.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a vítima recebeu atendimento médico e não corria risco de morte. Meia hora depois, a Polícia Militar recebeu outra chamada de tentativa de homicídio, desta vez, no bairro Solo Sagrado. Quando a viatura chegou ao local, encontrou o pedreiro J.L., de 58 anos, caído ao chão, com um ferimento no abdômen. Ao lado da vítima estava a cozinheira V.S., 44, que disse ser namorada da vítima, e naquela noite ele teria agredido ela fisicamente.

Para se defender a cozinheira teria pego uma faca e desferiu um único golpe contra o homem, que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a Santa Casa. Segundo boletim de ocorrência, o pedreiro passou por cirurgia em decorrência da profundida do ferimento. Ele permanece internado, em observação. Já a cozinheira, foi indiciada por tentativa de homicídio e permanece detida na cadeia pública de Nhandeara. 

AS 10 MAIS LIDAS