Redes Sociais

Cidades

Maníaco da calcinha volta atacar em Rio Preto

A ação inusitada aconteceu no bairro Santa Cruz na noite desta sexta-feira (dia 25); O ladrão, armado de revólver, exigiu as peças íntimas das vitimas; ; Esta é a segunda ação registrada na cidade

Publicado há

em

Mais um caso de roubo de calcinha foi registrado nesta sexta-feira (dia 25) no plantão policial de Rio Preto. A ação, um tanto quanto inusitada, aconteceu no bairro Santa Cruz. As duas vítimas foram obrigadas a entregar as peças intimas sob a mira de um revólver. Esta é a segunda ação registrada na cidade.

De acordo com o boletim de ocorrência, pouco depois da meia noite, as duas vítimas seguiam pela rua Santos Dumont, quando foram abordadas por um desconhecido, armado com revólver.

Sob a mira da arma, o ladrão exigia que as vítimas entregassem as calcinhas. Uma das mulheres usava vestido e não teve dificuldades para tirar a peça intima. Já a segunda, usava calça social. Então, para extrair a peça, o ladrão sacou uma tesoura do bolso e cortou as laterais da calcinha e, após concretizar o roubo, o homem fugiu.

As duas vítimas, que não sofreram nenhum ferimentos, procuraram a Central de Flagrantes para registrar a ocorrência. Elas descreveram o autor de estatura média, sendo branco de pele queimada pelo sol, com idade entre 30 a 35 anos.

Descrição semelhante feita pela primeira vítima do suposto ‘maníaco da calcinha’. Em maio foi registrado o primeiro ataque no do criminoso no bairro São Judas.

Na noite do dia 13, uma vendedora foi abordada por um desconhecido no cruzamento da avenida São Judas Tadeu a rua Antônio Pedro Ferracine,

A ação foi bastante semelhante, o ladrão, armado de revólver, rendeu a mulher e, com uma tesoura, cortou as alças laterais da peça íntima da vítima e exigiu que a jovem puxasse a peça por cima da calça.  Após a ação, o ladrão fugiu em sua motocicleta sem deixar pista. 

AS 10 MAIS LIDAS