Redes Sociais

Cidades

Mulher morre após ser agredida por companheiro em Rio Preto

O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (dia 8) no bairro Costa do Sol; O acusado foi preso em flagrante e responderá por feminicídio

Publicado há

em

Uma mulher foi agredida até a morte na madrugada desta terça-feira (dia 8) no bairro Costa do Sol, em Rio Preto. O agressor era seu companheiro, que teria espancando a vítima por causa de uma possível traição. Ele foi preso em flagrante e responderá pelo crime de feminicídio.

De acordo com a Polícia Militar, uma viatura foi acionada e se dirigiu até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte. No local, PMs foram informados que a vítima Daniela Luciano Bento, 39 anos, deu entrada em estado grave e morreu logo em seguida. A mulher apresentava vários hematomas pelo corpo, causado em decorrência de agressões.

Funcionários da UPA informaram que a vítima tinha sido socorrido e encaminhada até a unidade pelo próprio agressor, que estaria aguardando do lado de fora. Policiais localizaram o garçom Fabiano Motta de Souza, 31 anos.

Ao ser questionado o rapaz confirmou que convivia com a mulher e que agrediu fisicamente a vítima com socos e chutes, pois, segundo informou o acusado, a vítima estava lhe traindo.

O autor foi encaminhado a Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada. Em depoimento ao delegado plantonista, Motta confessou as agressões contra a mulher e confirmou que o motivo seria uma suposta traição.

Ainda  durante seu depoimento, o acusado disse que o casal havia usado crack e consumido bebidas alcoólicas momentos antes do desentendimento. Houve então troca de agressões entre as duas partes.

Diante dos fatos, Motta preso em flagrante e responderá pelo por feminicídio, crime de homicídio qualificado contra vítima do sexo feminino. 

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS