Redes Sociais

Cidades

Acirp projeta queda de 3% nas vendas de Dia das Crianças

Fatores macroeconômicos são os principais motivos para o cenário decrescente

Publicado há

em

A Acirp – Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto prevê queda de aproximadamente 3% nas vendas do comércio rio-pretense neste Dia das Crianças em comparação com o ano passado. Segundo a entidade, fatores macroeconômicos, como a redução da massa salarial e a queda real do crédito a pessoas físicas, desapontam possíveis perspectivas positivas.

“A situação não é uma particularidade de Rio Preto; mas sim, um reflexo do que vem acontecendo com todo o Brasil. Ou seja, resta ao comerciante varejista atuar em cima dos fatores microeconômicos, como no caso de promoções, queima de estoques passados e publicidade. Esses são os caminhos possíveis para tentar driblar as restrições orçamentárias das famílias”, explica o diretor de Comércio da Acirp, Jorge Luis de Souza.

Ainda de acordo com o diretor, a alta do dólar – em torno de 60% acima do que em outubro de 2014 – afeta diretamente quem não se antecipou em garantir o estoque, no caso dos brinquedos e produtos importados. “O empresário que soube se planejar e montar seu estoque para esta data ainda no final do primeiro semestre poderá não sucumbir tanto ao desfavorecimento de itens importados. Já aqueles que não se organizaram, estão em uma situação complicada.”

O mix de produtos disponíveis nas lojas favorece os produtos nacionais, sobretudo roupas e brinquedos. “Ainda assim, esperamos baixa no faturamento; afinal, os pais estão inseguros com a garantia do emprego, e certamente optarão por presentes mais baratos. A sugestão é que pesquisem e adequem os itens escolhidos de acordo com seu orçamento”, destaca Souza.

AS 10 MAIS LIDAS