Redes Sociais

Cidades

Policial militar se envolve em briga e atira contra pintor em Rio Preto

Um PM tentou conter dois homens que estaria causando tumulto no albergue da cidade quando foi agredido; O militar teria sacado o revólver e efetuado um disparo que atingiu um dos agressores; O rapaz baleado permanece internado na Santa Casa em estado gravíssimo

Publicado há

em

Um pintor foi baleado na noite desta segunda-feira (dia 20) por um policial militar após uma discussão na área central de Rio Preto. Segundo relatos, dois homens estariam agredindo verbalmente funcionários do albergue, quando um PM tentou acalma-los. Houve então uma discussão e os dois acusados atacaram fisicamente o PM, que revidou com dois tiros, um deles atingiu a perna de um dos agressores.

De acordo com relatos de testemunhas, pintor A.R.V., 25 anos matinha um relacionamento amoroso com morador de rua R.M.H., 24 anos. No final da tarde de ontem, o casal estaria bastante alterado e teria agredido outros dois moradores de rua.

A dupla então teria invadido o albergue noturno e passaram agredir verbalmente os funcionários daquela instituição. Ainda de acordo com relatos das testemunhas, neste momento, o policial militar, L.A.F., 46 anos, que exerce função de mecânico no batalhão, chegou ao local e teria tentando acalmar os ânimos do casal. Mas acabou sendo agredido pelo pintor com um soco, tento o policial militar revidado do golpe.

Ambos entraram em luta corporal, e neste momento o morador de rua teria também entrando em luta contra o policial. O PM teria se desequilibrado e a dupla passou agredi-lo com chutes contra sua cabeça.

E então ele sacou a arma e efetuou dois disparos, um deles atingiu a perna do pintor. Tanto o morador de rua quanto o pintor receberam voz de prisão ainda dentro do resgate do Corpo de Bombeiros.

R.M.H  foi encaminhado a Central de Flagrantes e transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto. Já A.R.V. permanece internado na Santa Casa. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele permanece estado gravíssimo e passa por cirurgia.

O policial militar L.A.F., bastante lesionado foi socorrido até o Hospital de Base, onde permanece internado em observação. Ele sofreu traumatismo craniâno e passa por exames. A arma particular do PM, uma pistola PT-380, foi recolhida e será encaminhada ao Instituto de Criminalista (IC) onde passará por perícia. Em nota, a PM infornou que foi instaurado Inquérito Policial Militar para apuração e melhor elucidação dos fatos. 

AS 10 MAIS LIDAS