Redes Sociais

Cidades

Adolescente morre em acidente com ultraleve na região

A queda aconteceu na manhã desta segunda-feira (dia 2) próximo ao aeroporto de Mirassol

Publicado há

em

Um adolescente de 17 anos morreu após cair com um ultraleve na manhã desta segunda-feira (dia 2) em Mirassol. Um segundo ocupante, teria saltado de paraquedas momentos antes do acidente. Testemunhas disseram que a asa do equipamento se soltou antes da queda. O caso será investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção e Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

De acordo com o Cabo da Polícia Militar, Carlos Eduardo de Fávere, testemunhas disseram que viram o equipamento, que era pilotoda por Marlon G. Viana, dando loopings antes da queda. “Os dois ocupantes decolaram do aeroporto. Após ganhar altura o paraquedista saltou. Tanto testemunhas quanto o próprio paraquedista relataram que viram o trike dando dois loopings antes da queda. Logo em seguida a asa do equipamento se soltou”.

Não se sabe ainda se as manobras citadas pelas testemunhas foram executadas de forma intencional ou se o aparelho já estava em pane e descontrolado. Uma das hipóteses é que a haste que sustenta a asa possa ter quebrado durante o voo, com isso o equipamento não teria controle algum.

O trike caiu no interior de uma loja de cadeiras, próximo ao aeroporto de Mirassol. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas já encontrou o adolescente sem vida. As asas do ultraleve foram localizadas a 400 metros do local do acidente.

Ainda de acordo com o Cabo Fávere, o adolescente decolou sem conhecimento do pai. “Segundo familiares, o adolescente teria pegado as chaves do trike e do hangar escondido e ido até o aeroporto com a motocicleta do pai. Tudo foi feito sem conhecimento ou sem autorização do responsável”.

Peritos da Polícia Científica estiveram no local, que ainda permanece isolado pela PM. O Centro de Investigação e Prevenção e Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) encaminhou uma equipe regional para investigar o caso.

O corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O paraquedista que estava a bordo do trike, foi encaminhado a um hospital de Mirassol em estado de choque depois que soube da morte do amigo. Ele recebeu atendimento médico e foi liberado.

AS 10 MAIS LIDAS