Redes Sociais

Cidades

Emcop inicia recadastramento para Residencial Solidariedade

O recadastramento será realizado até 22 de janeiro de 2016. O objetivo é atender os munícipes inscritos para seleção do empreendimento que terá 1.300 casas e está em construção entre os bairros Jardim Felicidade e Santa Clara/Bosque Verde, na zona leste de Rio Preto

Publicado há

em

A Empresa Municipal de Construções Populares (Emcop) iniciou nesta segunda-feira (dia 16), no Centro Regional de Eventos, o atendimento para a atualização cadastral de munícipes que já tinham inscrição para o Minha Casa Minha Vida Rio Preto. O recadastramento será realizado até 22 de janeiro de 2016. O objetivo é atender os munícipes inscritos para seleção do empreendimento Parque Residencial da Solidariedade, que terá 1.300 casas e está em construção entre os bairros Jardim Felicidade e Santa Clara/Bosque Verde, na zona leste do município. 

O agendamento (de quem já estava inscrito) ainda pode ser feito pelo site www.riopreto.sp.gov.br, no Poupatempo, na Biblioteca Municipal e na Emcop. O prazo de agendamento é até a próxima quinta-feira, dia 19 de novembro. O munícipe que não conseguiu imprimir a lista de documentos ou precisa da segunda via do agendamento cadastral, deve comparecer munido de seus documentos pessoais na sede da Emcop, na rua Travessa Paulo Laurito, 49, esquina com a rua Ivete Gabriel Atique, bairro Vila Maria, próximo à “Curva da Galinha”. O atendimento é rápido, das 8h às 16h30, de segunda a sexta-feira.

Na data e horário previamente agendados no Centro Regional de Eventos, será necessária a presença do casal no ato da inscrição/renovação. O interessado deve levar toda a documentação e de todos os membros da família. O não comparecimento cancelará o agendamento, não podendo fazer um novo agendamento ou participar do sorteio das 1.300 casas do Parque Residencial da Solidariedade. As casas possuem terrenos com 10×20 metros de área e dois quartos, sala, cozinha e banheiro, com área construída de 45,792 metros quadrados e dem ser entregues no segundo semestre de 2016.

O investimento total é de R$ 112 milhões e conta com parceria, além do governo federal, com o governo estadual, dentro do programa Casa Paulista. É importante frisar que não serão realizados novos cadastros, somente atualizações dos cadastros já existentes. Após o recadastramento realizado, a documentação apresentada pelos interessados será analisada. Em data ainda a ser definida, ocorrerá a divulgação dos nomes das pessoas aptas a participarem do sorteio para as moradias no Parque Residencial da Solidariedade.

 

 

AS MAIS LIDAS