Redes Sociais

Cidades

Locutor Asa Branca é capa da Revista Veja São Paulo

Lendário e polêmico personagem dos rodeios é retratado em uma das mais importantes revistas do país

Publicado há

em

A revista Veja São Paulo, uma das publicações mais importantes do país, estampa nesta semana, Asa Branca, ícone dos rodeios. A matéria conta os altos e baixos da vidade Asa, cujo auge profissional como locutor aconteceu nos anos 90, quando cobrava até R$30 mil por uma apresentação, sempre rodeada por ostentação – como a chegada de helicóptero nas principais arenas do país. Ainda neste período, ele faturava 300 mil reais por mês e rivalizava em popularidade com as estrelas da música sertaneja. Nessa fase, figurou nas novelas Mulheres de Areia (1993) e O Rei do Gado (1996), ambas da Globo.

A matéria também conta seu declínio, com comportamento parecido com o de um ídolo do rock, repetindo inclusive os clichês de autodestruição. Abusou de drogas e bebidas, trocou a noite pelo dia, contraiu o vírus HIV e passou a faltar a compromissos. Em 2013, correu sério risco de morte. Foi internado no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, época em que chegou a pesar apenas 50 quilos. Conseguiu sair de lá depois de quase três meses. Voltou a engordar – está com 85 quilos – e vive desde julho em Bertioga, no Litoral Norte com a esposa. Gravou um cd e recomeçou as apresentações em rodeio do país. Leia a matéria completa: http://vejasp.abril.com.br/materia/asa-branca-locutor-rodeios/.

 

AS 10 MAIS LIDAS