Redes Sociais

Cidades

Prefeitura de Rio Preto e Rotary promovem gincana contra a dengue em Rio Preto

A ação acontece entre os dias 9 e 13/11 na escola municipal Deputado Silvio Benito Martini no bairro Santo Antônio.

Publicado há

em

A Prefeitura de Rio Preto, em parceria com o Rotary, promove na próxima semana, entre os dias 9 e 13/11, gincana contra a dengue na escola municipal Deputado Silvio Benito Martini, localizada no bairro Santo Antônio.

O projeto piloto visa orientar os estudantes sobre as principais formas de prevenção contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, e fazer com que os alunos se tornem multiplicadores das ações a fim de se evitar a proliferação do inseto com a retirada de potenciais criadouros de casa. A ação faz parte do Plano de Contingência contra Dengue 2015/2016 e tem por objetivo orientar a população sobre as formas de prevenção da doença.

Segundo a Secretaria de Saúde, a gincana deverá envolver cerca de 780 estudantes, do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental, com idades entre 6 e 10 anos. “A proposta é promover uma gincana entre as salas de aula do mesmo ano, em que os estudantes retirem os criadouros de casa. A sala que trouxer o maior número será premiada”, afirma o biólogo e gerente do Departamento de Vigilância Ambiental, Abner Henrique Alves.

Todos os alunos receberão orientações sobre dengue como, por exemplo, o ciclo do mosquito, formas de transmissão, sintomas e prevenção. Os professores também serão capacitados. Na finalização do projeto, será realizada exposição de cartazes confeccionados pelos próprios estudantes.

Os criadouros serão depositados em bags que ficarão na escola. Após o término da gincana, os materiais recicláveis serão vendidos e o valor arrecadado será revertido para a Associação de Pais e Mestres (APM) da escola. O restante do material recolhido terá destinação correta.

Além dessa ação, a Secretaria de Saúde tem trabalhado de forma ininterrupta, tanto na parte preventiva, com a ação das equipes que realizam vistorias em imóveis especiais, pontos estratégicos e áreas verdes, como no bloqueio e eliminação de criadouros e nebulização em áreas consideradas críticas.

Denúncias

Denúncias de locais que possam servir de potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, podem ser feitas por meio do disque dengue, pelo telefone 0800-7705870. A ligação é gratuita.

AS 10 MAIS LIDAS