Redes Sociais

Cidades

Valdomiro sanciona lei que muda símbolo do idoso em Rio Preto

Empresas e prédios públicos e privados terão 120 dias para substituir as placas. Quem não cumprir à nova norma terá de desembolsar R$ 2,2 mil

Publicado há

em

O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), sancionou lei que muda o símbolo de idoso nas placas da cidade. Ao invés de um homem com a espinha curvada e com uma bengala em mãos – simbolizando pessoas acima dos 60 anos –, o novo símbolo retrata um homem com postura ereta, sem bengala e com os dizeres “60+”.

O projeto de lei é do vereador Maurin Ribeiro (PC do B) foi sancionado e se transformou na lei municipal 11.834, de 29 de outubro de 2015, publicada na edição desta quarta-feira (dia 4), no Diário Oficial do Município. Todos as empresas e prédios privados, inclusive os públicos, terão 120 dias para se adequar à nova lei. Quem desrespeitar a norma terá de desembolsar R$ 2,2 mil e o dobro em caso de reincidência.

“Já se foi o tempo em que a imagem de um velhinho apoiado em uma bengala representava a terceira idade. O novo símbolo substituirá o atual, o qual encontra-se completamente ultrapassado, por algo mais moderno, de acordo com a nova realidade, pois, a qualidade de vida os sexagenários, septuagenários e octogenários é outra”, consta no projeto do vereador, que ressalta ainda no documento que “pictogramas, desenhos ou imagens em placas, adesivos, luminosos e outros objetos sinalizadores de prioridade em atendimento ou serviço ou ainda de espaço reservado que mostram figuras de idoso portando bengala ou com as costas arqueadas e que mal conseguem se manter em pé não espelham apropriadamente a população idosa contemporânea”.

 

AS 10 MAIS LIDAS