Redes Sociais

Cidades

Polícia Civil irá investigar morte de preso em plantão policial

A suspeita é que o jovem de 25 anos possa ter engolido porções de cocaína e sofrido uma overdose. As causas da morte serão apontadas através de laudos necroscópicos

Publicado há

em

Um jovem de 25 anos morreu na Central de Flagrantes na noite desta terça-feira, dia 20, após ele ser preso por tráfico de drogas no bairro João Paulo II, em Rio Preto. As causas da morte ainda são desconhecidas e só poderão ser apontadas através de laudos necroscópicos, mas existe a suspeita de uma overdose. O rapaz teria relato que policiais militares obrigaram ele a engolir cápsulas de cocaína, mas PMs negaram as acusações.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais flagram rapaz no telhado de uma casa abandonada. Durante a abordagem, o jovem tentou fugir, mas foi preso. Com ele PMs apreenderam 32 porções de cocaína e R$327.

O rapaz foi levado a Central de Flagrantes e indiciado por tráfico de entorpecentes. Ao término da ocorrência, ele teria afirmado a policiais civis que foi obrigado pelos PM a engolir cápsulas da droga. O delegado plantonista chamou a guarnição da Polícia Militar e todos negaram.

Antes de deixar o plantão policial, os PMs seguiram até a cela do rapaz. Momentos após, o jovem começou a passar mal e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado. Socorristas tentaram reanima-lo, mas o jovem não resistiu e morreu.

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e passou por exames necroscópicos para determinar as causas da morte.  O caso será encaminhado para o 4° Distrito Policial.

AS MAIS LIDAS