GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Cidades

Projeto Cidade Limpa vai percorrer mais de 160 bairros

Ação ocorre de 11 a 22 de fevereiro; combate a dengue é um dos objetivos

Nesta segunda-feira, 11, começa o Projeto Cidade Limpa, uma parceria entre a prefeitura de Rio Preto e a TV TEM. A ação tem como objetivo remover materiais inservíveis, como móveis velhos, pneus, e garrafas, que podem favorecer a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, e dos escorpiões.

Este ano, a programação vai até o dia 22 de fevereiro, sempre de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Serão 168 bairros atendidos. “Este ano, ampliamos a ação, com o aumento da área a ser atendida, por isso, nossa expectativa é de que sejam recolhidas mais de 500 toneladas de materiais inservíveis”, disse o gerente da vigilância ambiental, Abner Alves. Na edição de 2018, foram recolhidas 420 toneladas de materiais inservíveis.

Os bairros escolhidos para receber o Projeto são os que apresentaram maiores incidências de doenças transmitidas pelo Aedes e acidentes com escorpiões. “É importante destacar que não serão recolhidos entulhos, animais mortos, galhos e material orgânico, como lixo comum”, completou Abner.

Os materiais inservíveis devem ser colocados na calçada, no dia do recolhimento, visto que o funcionário não entra na residência. Todos os caminhões e funcionários estarão identificados com faixas e camisetas, respectivamente. Em caso de dúvida, ou reclamação, o munícipe pode ligar na Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde, pelo 0800 770 5870.

A lista com os bairros atendidos e os dias do recolhimento estão disponíveis no site da prefeitura. Carros de som também farão a divulgação diária nas áreas contempladas.

Veja o que pode ser recolhido:

Móveis velhos, pneus, garrafas, eletrodomésticos (fogão, geladeira, tanquinho), eletroeletrônicos e vasos. Desde que em pequena quantidade, o Projeto recolherá objetos como vasos sanitários quebrados, madeiras e tábuas.

Veja o que NÃO pode ser recolhido:

Entulhos, animais mortos, galhos e lixo comum.

 

Por Da Redação em 11/02/2019 às 14:50
JK Essencial Residence