GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Cidades

Prefeitura assina ordem para instalação de 31 câmeras

O valor do projeto é de R$ 190 mil e a empresa vencedora tem 90 dias para instalar câmeras de videomonitoramento na Represa, Zoo e Viveiro

O prefeito Edinho Araújo assinou na tarde desta segunda-feira, dia 17, a ordem de serviço para instalação das câmeras de videomonitoramento do Parque da Represa (Lago II), Viveiro Municipal e Zoológico Municipal.

A empresa vencedora da tomada de preços nº 1/2019, foi a Susman Construção e Manutenção Ltda EPP que deve iniciar o serviço nos próximos dias e tem 90 dias para a conclusão. O valor do projeto é de R$ 190.694, 85.

Essa etapa que consiste na empreitada de mão de obra com fornecimento de materiais terá supervisão técnica da Secretaria Municipal de Obras e deve ser iniciada pelo Parque da Represa (Lago II) onde serão instaladas nove câmeras.

A ordem do serviço foi assinada no Viveiro Municipal também pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Kátia Penteado; pelo engenheiro eletricista da Secretaria de Obras, João Batista Lourençato e pelo responsável pela empresa vencedora, a Susman, Vinícius Aurélio Guilherme Machado. No projeto, o Viveiro Municipal receberá três câmeras e o Zoológico outras 19 unidades, totalizando 31.

O prefeito Edinho destacou que o monitoramento por câmeras é uma reivindicação antiga nestes locais, que traz segurança ao patrimônio público e ao meio ambiente. "O ideal é que não precisássemos de monitoramento, mas se precisamos é importante poder contar com a tecnologia para manter esses ambientes conservados, preservados e trazer mais segurança aos animais e às pessoas que frequentam estes locais", completou o prefeito. 

A Secretária Kátia falou da junção de esforços entre as secretarias de Meio Ambiente, Obras, Planejamento, Fazenda, Empro e Trânsito por meio da GCM (Guarda Civil Municipal) para viabilizar o projeto.

O responsável pela empresa que fará a obra, Vinícius Aurélio Guilherme Machado disse que a busca será por executar uma obra limpa e organizada, de maneira coordenada com a Prefeitura para que tenha o menor impacto possível já que os locais se tratam de áreas verdes, bastante arborizadas e com presença de animais.

O diretor da GCM Silvio Pedro da Silva falou do impacto positivo na área de segurança que as câmeras trarão aos locais. "Cada câmera diminui a necessidade de homens na rua. O monitoramento será feito pela guarda por uma central 24h que está sendo ampliada e que vai garantir uma resposta rápida com viaturas, bikes, no local em que ela acontece. A tecnologia vem em nosso favor", posicionou Sílvio.

O direto da Empro, João Curado, completou a informação de Sílvio, explicando que para atender a estas 31 novas câmeras, foi necessária a ampliação da central de monitoramento que foi instalada no Parque Tecnológico (Partec), o que tornará o sistema completo, efetivo e avançado.

Por Da Redação em 18/06/2019 às 10:00
TerrasAlphaville