Cidades

Polícia Civil esclarece homicídio registrado em novembro do ano passado

A vítima foi baleada nas costas no bairro Maria Lúcia. O jovem de 22 ficou internado por 40 dias e morreu em janeiro na Santa Casa. O autor é um adolescente de 16 anos

Um adolescente de 16 anos, de atirar contra Jonatas da Silva Pereira, de 22 anos, foi preso na terça-feira, dia 14, pela Polícia Civil. O jovem foi baleado em novembro do ano passado e morreu em janeiro, na Santa Casa. O menor, que já tinha passagem por tráfico de entorpecente, responderá pelo crime de homicídio e ficará à disposição da Vara da Infância e Juventude.

De acordo com informações, o adolescente foi apreendido e encaminhado para Delegacia de Investigações Gerais (DIG). No primeiro depoimento ele negou envolvimento no homicídio, mas confessou momentos depois.

O adolescente alegou que dias antes ele e Jonatas tiveram uma discussão. Então, no dia dos fatos, o menor estava armado andando pelas ruas do bairro perguntando sobre a vítima. Ao localizar o rapaz, ambos tiveram uma nova discussão.

Foi quando o adolescente sacou o revólver e atirou nas costas de Jonatas. O jovem foi encaminhado para Santa Casa e morreu depois de 40 dias internados. Policiais também localizaram a arma usada no crime.

O adolescente, que ficou oito meses internado na Fundação Casa por tráfico de drogas, vai responder por ato infracional de homicídio qualificado.

Por Da Redação em 15/01/2020 10:50