Cidades

Rio Preto atinge cobertura vacinal contra gripe de 80%

Município já administrou 61.700 doses para grupos prioritários da primeira etapa

A campanha nacional de vacinação contra gripe começou há dez dias com a imunização de idosos e profissionais de saúde. Nesta semana, foram incluídos os profissionais das forças de segurança. Em Rio Preto, 61.700 pessoas já foram vacinadas, sendo 52.543 idosos, 8.281 profissionais de saúde e 608 policiais. Outras 268 doses foram aplicadas em acamados institucionalizados e policiais com idade entre 55 e 59 anos. A cobertura vacinal da primeira etapa está em 80%.

A maior cobertura está entre os idosos, com 91,58%, ou seja, acima dos 90% estipulados pelo Ministério da Saúde. Entre os profissionais de saúde, a cobertura vacinal está em 44,14%. Para os profissionais das forças de segurança não foi estipulada meta de vacinação.

O município está com estoque de cerca de 7.500 doses e ainda não recebeu informações da Secretaria Estadual de Saúde sobre o envio de nova remessa. Por enquanto, a vacinação continua sendo feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30, em escolas e equipamentos públicos, visando evitar a aglomeração em unidades básicas de saúde.

Na próxima semana, a vacinação contra gripe continua exclusiva para idosos, profissionais de saúde e forças de segurança. A segunda etapa começa no dia 16 de abril, quando serão incluídos professores, portadores de doenças crônicas e forças de segurança.

Na terceira e última etapa, que começa em 9 de maio, serão incluídas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, privados de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos com idades de 55 a 59 anos.

Ainda no dia 9 de maio, está marcado o Dia de Mobilização Nacional, quando as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas para a vacinação.

A campanha segue até o dia 22 de maio.

Estimativa

A estimativa é de que 15,5 milhões de pessoas sejam imunizadas no Estado de São Paulo. Em Rio Preto, o público-alvo da campanha é de 172 mil pessoas. A meta do Ministério da Saúde é de vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários.

 

 

 

Por Da Redação em 02/04/2020 17:44
TerrasAlphaville