Cidades

Isolamento social em Rio Preto se mantém em 44% nos últimos 3 dias

Ele é um dos indicadores que prefeitos e governador vão usar para discutir a liberação das atividades econômicas no estado; o prefeito Edinho Araújo pede e regionalização e a volta à normalidade a partir de 1º de junho

Esta semana, desde segunda-feira até ontem, quarta-feira, dia 20 de maio, o isolamento social em Rio Preto se manteve em 44% em Rio Preto. Cerca de 5% acima da semana anterior quando ele ficou entre 37% e 39%. Em todo o estado o índice foi de 49%. O isolamento social é medido em 104 cidades com mais de 70 mil pessoas. Um sistema das operadoras de telefonia rastreiam o deslocamento dos celulares, tabulam e apresentam um mapa com as manchas e os percentuais. Os dados de hoje começam a ser tabulados nesta noite e serão conhecidos nesta sexta-feira, dia 22 de maio.

Na capital ele foi de 49%. No dia anterior, terça-feira, chegou a 54%. O governador João Dória, PSDB, decretou um feriadão, de seis dias seguidos a partir de hoje, para aumentar o isolamento social e permitir discutir o retorno à normalidade das atividades econômicas. As cidades do interior têm registrados índices mais baixos do que os da capital. Amanhã o governador, secretários estaduais e prefeitos de 16 regiões vão apresentar propostas para a reabertura do comércio e fim da quarentena. 

A decisão, porém, deve ser regionalizada. Durante entrevista dada hoje pelo prefeito Edinho Araújo, MDB, ele disse que vai propor a regionalização e que a retomada das atividades sejam retomadas a partir de 1º de junho. Até o dia 31 de maio o prefeito disse que a cidade e a região seguem o decreto estadual. Ele determina a quarentena até o dia 31 de maio.

Por Rubens Celso Cri em 21/05/2020 17:47