Cidades

Juiz autoriza salões de beleza e barbearias a voltar ao trabalho

A decisão atende a uma ação movida contra decreto estadual assinado por 14 empresários da área

O juiz Adilson Araki Ribeiro autorizou que 14 barbearias e salões de cabeleireiros a voltar a trabalhar. A ação vale apenas para os empresários que entraram na Justiça. Ao mesmo tempo em que eles protestaram na frente da Câmara pelo retorno ao trabalho foram recebidos pelo prefeito Edinho Araújo, MDB. Entregaram um abaixo assinado e fizeram um relato sobre as condições que os empresários da área estavam passando por causa de decreto que impedia que eles retomassem as atividades. 

Hoje a Prefeitura foi notificada da decisão do juiz e eles podem retomar as atividades a partir da decisão. O juiz entendeu que o decreto do governador João Dória, PSDB, que o prefeito Edinho Araújo respeita, não impede que eles voltem ao trabalho. É preciso aguardar qual será a posição da Procuradoria Geral do Município e do Ministério Público. Eles podem recorrer.

Reunião virtual 

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, participou na tarde desta terça-feira, dia 26, de nova reunião virtual do Conselho Municipalista do Estado de São Paulo com representantes do governo para discutir a flexibilização da quarentena de forma regionalizada. 

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patrícia Ellen, durante sua participação afirmou que o plano será dividido em cinco fases, sendo a primeira a mais restritiva e a quinta a mais liberal. Cada fase obedecerá a critérios pré-estabelecidos pelo Estado e que serão divulgados durante a live do governador João Dória pelas redes sociais e transmitida pela TV Cultura. A expectativa é de que o novo plano de flexibilização passe a valer a partir do dia 1° de junho, segunda-feira.

“Nas próximas 20 horas nossa equipe irá aperfeiçoar os planos e apresentaremos amanhã durante a live diária a nossa proposta com caráter recomendatório”, afirmou a secretária. 

O governador do Estado, João Dória, afirmou que a “Quarentena Inteligente” levará em conta os planos apresentados pelos prefeitos que participam do conselho municipalistas. O prefeito Edinho Araújo reiterou a necessidade de autonomia dos municípios para que possam decidir, de acordo com suas realidades, sobre a abertura gradual da economia. 

“Reitero ao governador João Dória, ao Secretário de Desenvolvimento Regional e ao vice-governador Rodrigo Garcia, o pedido de autonomia aos prefeitos para que possam fazer a retomada da economia com responsabilidade e respeito à ciência e à medicina”, finalizou o prefeito. 

Por Rubens Celso Cri em 26/05/2020 19:00
Taflex 28/05/2020