Cidades

Mulher é estuprada por vizinho no Jardim Antunes

O homem teria aproveitado a saída do marido da vítima para cometer a agressão

Uma mulher, de 26 anos, pediu ajuda, por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), na madrugada dessa segunda-feira, dia 6, depois de ter sido estuprada. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima tomou remédios para dormir e só acordou quando o autor da agressão, que seria um vizinho, já estava em cima dela.

A vítima estava sozinha em casa. O marido teria saído para levar a filha, do primeiro casamento, para a casa da mãe, no bairro Castelinho. O acusado, também de 26 anos, teria aproveitado a saída do marido da vítima para pular o muro e entrar na casa. Como havia tomado remédios para dormir, a mulher só acordou quando o homem já estava em cima dela, a estuprando, então ela gritou. O jovem, neste momento, parou com o ato e foi embora.

Ao acionar a polícia, a vítima disse que o homem que a estuprou era seu vizinho e que estava vestindo um moletom azul e vermelho com símbolo de um time. A polícia, ao chegar na casa do suspeito, percebeu que o portão estava encostado e a luz do imóvel estava acesa. Assim que chamaram pelo acusado, a luz foi apagada. Os policiais entraram na residência e encontraram o jovem em um quarto, sentado na cama ao lado de sua avó.

Informado sobre o motivo de estarem alí, o jovem negou o ocorrido. Os policiais encontraram no imóvel um moletom com as mesmas características descritas pela vítima. Diante do fato o acusado disse que tinha feito o uso de muita cocaína e que não se lembrava de ter ido até a casa da vizinha. Vítima e acusado foram levados até a Central de Flagrantes, onde foram ouvidos.

A vítima representou criminalmente contra o jovem e foi encaminhada ao Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto para fazer um exame de corpo de delito. O jovem recebeu voz de prisão pelo crime de estupro e foi encaminhado à carceragem da DIG/Dise, onde permanece à disposição da Justiça.

Por Da Redação em 06/07/2020 10:03