Cidades

Seconci-SP anuncia nova sede em Rio Preto

A entidade presta serviços de atendimento ambulatorial médico e odontológico, saúde e segurança do trabalho, e assistência social aos trabalhadores da construção civil do Estado de São Paulo

Convidado pelo líder do Serviço Social da Construção (Seconci-SP) em Rio Preto, o empresário Germano Hernandes Filho, o prefeito Edinho Araújo acompanhou através de uma videoconferência, o anúncio da construção de uma unidade Regional na entidade na cidade.

O espaço, que será definido ainda nessa semana, vai permitir a ampliação da oferta de serviços aos mil trabalhadores da construção da região e seus familiares, que contarão com os serviços de saúde, segurança do trabalho e assistência social oferecidos pela instituição. A entidade e disponibilizará um corpo clínico com diversas especialidades, como cardiologia, clínica médica, dermatologia, ginecologia, nutrição, oftalmologia, ortopedia, odontologia, otorrinolaringologia e pediatria.

O prefeito Edinho Araújo falou sobre a necessidade de ampliar a oferta de serviços na área da saúde em Rio Preto, destacando o momento delicado por conta da pandemia da Covid-19.

"O sentimento é de gratidão por mais um serviço que irá beneficiar a população de nossa cidade e também da região. Vivemos um momento de tamanha cautela que acredito na força desta união, inclusive para reivindicarmos medicamentos para intubação de pacientes que contraíram o coronavírus. O Seconci-SP será mais um braço de Rio Preto na busca por insumos que estão em falta em todo o País", frisou o prefeito.

Logo após o pedido, o presidente e o superintendente do Seconci-SP, Haruo Ishikawa e Fernando Costa, disse que estarão empenhados para ajudar a cidade.

"Não podemos garantir, mas iremos buscar esses insumos para colaborar com a cidade. Trabalhamos muito com a prevenção e segurança dos nossos trabalhadores e, por isso, queremos estender esses cuidados os demais moradores da cidade", finalizou Haruo.

Empresários ligados ao setor da construção civil também acompanharam a reunião e destacaram a importância do setor para a economia da cidade.

Para ter atendimento gratuito, os trabalhadores devem ser funcionários de empresas que contribuam com o Seconci-SP nos termos da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. Construtoras, incorporadoras e instaladoras também poderão usufruir de serviços e consultorias para cumprirem a legislação de saúde e segurança do trabalho.

Na área de Medicina Ocupacional e Segurança do Trabalho, as companhias poderão contratar treinamentos e palestras sobre temas específicos, além de serviços como Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT), Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e Laudo Técnico das Condições do Ambiente de Trabalho (LTCAT), entre outros.

Mais informações sobre os serviços e unidades podem ser obtidas no site: www.seconci-sp.org.

Por Da Redação em 07/08/2020 06:30