Cidades

Vigilância Sanitária diz que usará todos os meios para impedir reabertura dos restaurantes

Representantes do grupo União Restaurantes de Rio Preto afirmam que eles vão abrir as portas ao público sexta-feira, dia 14 de agosto e que estão preparados, com advogados, para enfrentar a Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária de Rio Preto lamenta em nota a decisão do grupo União Restaurantes de Rio Preto que está convocando a abertura dos restaurantes, sexta-feira, dia 14 de agosto. A secretaria de Saúde informa que “adotará todas as medidas necessárias para a proteção da saúde pública, se necessário com o apoio de demais autoridades que atuam no município”.

O Grupo tem uma página na internet #euapoioosrestaurantes que está convocando os aproximadamente mil restaurantes da cidade a abrirem as portas mesmo com as restrições do Plano São Paulo que ranqueou a cidade na fase 2, cor laranja. Essa fase proíbe a abertura de bares, restaurantes e similares. 

Uma das organizadoras diz que o setor foi abandonado e que ele está quebrando. Disse também que os estabelecimentos vão abrir as portas respeitando todas as medidas de segurança e que tem advogados para intervir em caso de atuação da Vigilância Sanitária. Afirma ainda que são aproximadamente mil restaurantes e que se eles forem fechados a cidade vai ficar sem esse setor.  

Nota da Vigilância

Lamentamos a atitude dos responsáveis por este tipo de movimento. A Vigilância Sanitária adotará todas as medidas necessárias para a proteção da saúde pública, se necessário com apoio de demais autoridades que atuam no município.

Nota Prefeitura 
A Prefeitura de Rio Preto informa que há um decreto em vigor que segue as normas sanitárias impostas pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus do Estado de São Paulo e da Secretaria de Saúde Municipal. De acordo com as regras desses comitês, seguindo o plano São Paulo, Rio Preto está na fase laranja, que proíbe a abertura desses estabelecimentos neste momento.

Por Rubens Celso Cri em 11/08/2020 15:26