Cidades

Mulher agride ex-companheira por não aceitar o fim do relacionamento

Na confusão, ao tentar se defender, a vítima acabou machucando uma das mãos

Era por volta das 20h00 de ontem (22) quando tudo aconteceu. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima, uma mulher de 20 anos, manteve um relacionamento amoroso com uma mulher de 27 anos por quatro meses. Elas chegaram a morar na mesma casa por dois meses.

A vítima decidiu romper o relacionamento e conversou com a ex-companheira por mensagem de whatsapp. Ela disse que iria até a residência dela para buscar os pertences.

No dia e horário marcados, a vítima foi, junto com alguns parentes e amigos, até o endereço para pegar os pertences. Ela decidiu ir acompanhada pois segundo o que relatou para a polícia, a companheira sempre foi agressiva e ela tinha medo de ser agredida.

Ao chegar à residência, a mulher de 27 anos abriu o portão e quando a vítima entrou ela fechou o portão deixando os parentes e amigos do lado de fora.

Lá dentro, segundo relato da vítima, a agressora pedia para ela ficar. Mas, decidida a acabar com o relacionamento ela disse que iria embora. Neste momento a mulher de 27 anos começou a agredir a vítima que se defendeu, deu alguns tapas e socos no rosto da agressora e acabou machucando a mão direita.

Com os gritos dentro da casa os parentes e amigos forçaram o portão e tiraram a vítima da casa.

A agressora fez ameaças dizendo que vai matar a vítima e que um ex-marido dela irá cobrar pelo ocorrido.

A vítima ficará abrigada na casa de um parente e solicitou uma medida protetiva de modo a garantir a integridade física dela e dos familiares.

Por Fabrício Santana em 23/09/2020 17:25