Cidades

Polícia Civil de Rio Preto esclarece latrocínio, recupera gado roubado e prende suspeito

Para roubar o gado, a quadrilha matou um senhor de 67 anos que morava ao lado de um Córrego aqui em Rio Preto

A Polícia Civil de Rio Preto trabalha com a hipótese de latrocínio contra um senhor de 67 anos que foi encontrado morto na margem do Córrego Monte Verde dentro de Rio Preto. Ele morava na região e criava gado. Desde então, a DIG descobriu que o senhor foi amarrado, morto e o gado roubado. Vizinhos viram um caminhão fazendo o transporte dos animais e anotaram a placa. O homem que transportou o gado indicou a entrega em uma propriedade rural de Monte Aprazível. O proprietário da fazenda vai responder pelo crime de receptação. 

O homem morto foi encontrado por um pedestre que passou pelo local e chamou a polícia. O senhor criava algumas cabeças de gado soltas para a própria sobrevivência. Ele tinha um barraco ao lado de um córrego. A DIG começou a desvendar a trama ao descobrir que o homem criava gado e que ele foi retirado do local. Em conversas, descobriu o transporte do gado e, ao chegar ao dono do caminhão, chegou a fazenda em que ele foi entregue. 

A partir daí a DIG juntou as peças e chegou em um dos suspeitos de cometer o crime. Ele conduziu a polícia até a propriedade, o gado foi recuperado e o comprador virou receptador.  

Os policiais prenderam o averiguado de 39 anos. Ele responderá em regime fechado pelo crime de latrocínio. O crime aconteceu no dia 19 de fevereiro deste ano e desde então vinha sendo investigado. 

A Polícia não divulgou quantas pessoas participaram do crime.

Por Rubens Celso Cri em 25/09/2020 15:44