Cidades

Zoológico de São Paulo recebe 21 sapos apreendidos nos Estados Unidos

Cooperação entre países devolve anfíbios genuinamente brasileiros que haviam sido traficados ao território norte-americano

Na última quarta-feira (16), a Fundação Parque Zoológico de São Paulo recebeu 21 sapos da espécie Adelphobates galactonotus, conhecidos como “Sapos ponta-de-flecha” oriundos de operação internacional contra o tráfico de animais. A repatriação desses anfíbios endêmicos da Amazônia brasileira ocorreu em parceria com diversos órgãos do Brasil e dos Estados Unidos.

Os animais foram interceptados no aeroporto de Miami em 2018 e levados pelos agentes do FWS (Fish and Wildlife Service) ao parque temático norte-americano Animal Kingdom/Disney, para receberem os cuidados necessários durante as investigações e processos legais da ação.

Por mais de dois anos, os sapos foram assistidos pela instituição internacional. Agora, retornam ao país de origem onde serão cuidados pela equipe técnica da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. A instituição, ligada à Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, possui expertise na manutenção e reprodução de anfíbios que integram programas de conservação pioneiros no mundo.

A Fundação Zoológico conta com 246 indivíduos de 11 espécies da Classe Amphibia, sendo duas delas classificadas como ameaçadas de extinção. Os sapos devolvidos ao Brasil têm coloração azul (19) e laranja (2).

Por Da Redação em 23/09/2020 22:00