Cidades

Vendedora tenta fazer compra no crediário e descobre irregularidade no nome dela

Ao tentar comprar uma bicicleta ela descobriu que estava com o nome negativado em duas empresas

Segundo informações do boletim de ocorrência, na tarde do último dia 12 de novembro uma vendedora, de 36 anos, foi até uma loja de uma grande rede varejista para comprar uma bicicleta para o filho. Depois de olhar o produto e escolher qual bicicleta compraria ela se dirigiu até o crediário da loja e lá descobriu que não poderia comprar o produto pois estava com o nome negativado. Ao perguntar para o funcionário quais empresas ela estava com o nome sujo, a vítima foi informada que seria uma empresa de cosmético e uma operadora de telefonia.

A mulher procurou no Serasa e realmente as duas negativações foram confirmadas. Ela procurou a Central de Flagrantes para registar tudo o que aconteceu. Aos policiais disse que nunca comprou ou foi revendedora da empresa de cosmético e não entende como os dados dela foram parar em uma negativação da empresa.

Já em relação a operadora de telefonia a vítima também disse que nunca foi cliente. Também informou que não costuma passar os dados pessoais para nenhum lugar pois tem medo do que pode acontecer. Ela disse ainda que teria recebido alguns e-mails da empresa de cosméticos pedindo que ela passasse os dados pessoais para que uma verificação pudesse ser feita, mas a vítima informou que nunca passou nada.

Ainda não se sabe como os dados dela foram parar nas duas negativações. A mulher disse na delegacia que ficou muito constrangida no momento em que comprava a bicicleta pois teve que deixar o produto na loja depois de descobrir a negativação no nome.

Por Fabrício Santana em 20/11/2020 22:00