Cidades

Morador de rua é assassinado em desentendimento na Represa de Rio Preto

Segundo a Guarda Municipal, suspeito de cometer o crime é um jardineiro de 35 anos

Um morador em situação de rua, de 49 anos, identificado como Júlio Cesar Soares, foi assassinado com golpes de faca, no início da tarde desta terça-feira (23), no Lago I da Represa de Rio Preto.

Segundo as informações preliminares da Guarda Civil Municipal (GCM), o suspeito de cometer o crime é um jardineiro de 35 anos. Ao ser detido, o homem teria dito que cometeu o crime porque a vítima e outro morador em situação de rua estavam mexendo com ele, ameaçando-o, e que teria desferido as facadas para se defender.

Ele foi capturado quando os agentes da GCM faziam um patrulhamento pelo local.

A outra vítima, de 27 anos, sofreu ferimentos profundos no braço. O homem foi socorrido e encaminhado para a UPA Tangará, onde foi atendido e passa bem.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes e ficou preso à disposição da Justiça. 

Este é o 11º homicídio registrado em Rio Preto em 2021 e o 3º envolvendo moradores em situação de rua. 

Por Karol Granchi em 23/02/2021 14:56