Cidades

Moradores de Rio Preto recebem multas indevidas

Motoristas teriam sido multados em outra cidade, mas alegam que estavam em Rio Preto na hora da autuação

O primeiro caso é de uma mulher de 22 anos, que procurou a Central de Flagrantes de São José do Rio Preto, para registra rum boletim de ocorrência, devido a uma multa, segundo ela indevida, que recebeu.

A mulher contou aos policiais que a infração teria ocorrido no dia 19 de fevereiro, por volta das 15h50. Ela recebeu a multa por trafegar na SPA 258/255, no município de Avaré, cidade que fica a 335 quilômetros de Rio Preto. O motivo seria pilotar a moto com a viseira do capacete levantada e sem óculos de proteção. Ela ainda contou que no ida e hora da infração estava em casa, em Rio Preto, e não emprestou a motocicleta para ninguém. Por isso desconhece a multa.

O outro caso é de um homem de 72 anos, que foi multado em Campinas, no dia 14 de janeiro deste ano. O vendedor recebeu a autuação por dirigir acima da velocidade na avenida José Amgarten, no município de Campinas.

A foto que está na multa é semelhante a moto que ele utiliza, mas o homem contou aos policiais que no dia e hora da infração estava em São José do Rio Preto. A moto dele possui gaiolas para o transporte de botijões de gás, visto que trabalha com isso.

O boletim de ocorrência foi registrado para que possa entrar administrativamente no órgão de trânsito competente para que o problema seja resolvido.

Por Fabrício Santana em 23/02/2021 22:00