Cidades

Advogada entra em salão de beleza fechado, causa transtorno e é detida pela PM

Segundo o boletim de ocorrência, mulher de 29 anos tacou R$ 200 no rosto da dona do estabelecimento e exigiu ser atendida, mesmo com o local fechado pela determinação do Estado

Uma advogada de 29 anos foi detida após causar transtorno em um salão de beleza fechado em cumprimento do decreto da fase Vermelha do Plano SP, na tarde de ontem (5), na Vila Imperial, em Rio Preto.

 Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher teria entrado no estabelecimento por meio de uma porta alternativa. O local estaria fechado para atendimento aos clientes. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a advogada teria jogado R$ 200 no rosto da dona do local, exigindo ser atendida.

A Polícia Militar foi chamada até o estabelecimento e retirou a mulher do local. Os policiais informaram à Polícia Civil que a advogada se debateu durante o procedimento e falava frases desconexas.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes.

Por Da Redação em 06/03/2021 10:04