Cidades

Operação da Polícia Federal prende 11 por extração ilegal de areia do Rio Tietê

Suspeitos foram surpreendidos pela PF na manhã desta segunda-feira (19). Embarcações pertencem a empresas da região de Araçatuba (SP)

A Polícia Federal de Jales (SP) deflagrou, na manhã desta segunda-feira (19) a Operação Orca, com o objetivo de combater a extração ilegal de areia no Rio Tietê, próximo a Pereira Barreto (SP).

De acordo com a PF, as embarcações pertencem a três empresas distintas que comercializam o mineral extraído ilegalmente na região de Araçatuba (SP). As empresas já haviam recebido notificações de suspensão da atividade ilegal, mas continuaram realizando a exploração até hoje, quando os responsáveis foram surpreendidos e presos. Três donos das empresas também foram presos em Araçatuba.

As embarcações foram apreendidas e os presos conduzidos até a sede da PF em Jales para a lavratura do flagrante por crime de extração ilegal de minério, crime ambiental e usurpação de bens pertencentes à União.

Por Karol Granchi em 19/04/2021 16:16