Cidades

Mais de 30 mil alunos recebem alimentos nesta quinta e sexta-feira

Crianças da rede municipal de ensino receberão cesta básica com gêneros secos e também hortifrútis

Mais de 30 mil crianças matriculadas na rede municipal de ensino de São José do Rio Preto recebem nesta quinta e sexta-feira (13 e 14) uma nova remessa de kits alimentação escolar.  As famílias de alunos, que até 23 de abril solicitaram o atendimento, levarão para casa alimentos perecíveis e não perecíveis. 

Esta é a 12ª fase da ação emergencial realizada pela Prefeitura, por meio da secretaria de Agricultura e Abastecimento, com apoio da de Educação, para suprir a merenda enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas por causa da pandemia. Desde o início, em abril de 2020, a ação já realizou 833.192 atendimentos.

Inicialmente, a distribuição dos alimentos em maio estava prevista para os dias 12, 13 e 14, mas foi reajustada para dois dias, como ocorria usualmente, em 13 e 14. 

“Tivemos a reabertura de algumas unidades escolares após liberação de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros  - AVCB, que voltaram a atender em seus espaços. Com isso, temos novamente uma logística de distribuição mais ampla, além de precisarmos abastecer as unidades escolares com dois tipos de kits, o de alimentos secos e o de hortifrútis”, explica o secretário de Agricultura e Abastecimento, Pedro Pezzuto.

Crianças de 3 meses a 1 ano e 11 meses receberão:

- Kit de alimentos secos: 2kg de arroz, 1kg de feijão, 500g de amido de milho, 500g de macarrão, 500g de fubá, 2kg de leite em pó e 400g de biscoito;

- Kit de alimentos perecíveis: 2 maçãs, 2 bananas-prata, 3 batatas-doces e 500g de mandioca.

Crianças a partir de 2 anos levarão para casa: 

- Kit de alimentos secos: 2kg de arroz, 1kg de feijão, 500g de fubá, 500g de macarrão, 1kg de leite em pó, 400g de biscoito, 400g de achocolatado, 1 óleo (900ml) e 1 extrato de tomate (340g);

- Kit de alimentos perecíveis: 2 maçãs, 2 bananas-prata, 2 batatas-inglesas e 2 beterrabas.

Os kits são definidos de acordo com as determinações do PNAE – Plano Nacional de Alimentação Escolar e têm supervisão nutricional, considerando o atendimento individualizado para cada criança no período de atendimento. 

Os alimentos devem ser retirados nas unidades escolares em que os alunos estão matriculados, exatamente nos dias anunciados. O não comparecimento implica na exclusão automática do cadastro e impede o fornecimento de novos kits dentro do mesmo período.

Para os alunos que fizeram cadastro on-line, é obrigatório que o responsável legal assine a ficha cadastral ao retirar os alimentos, além da lista geral de retirada.

Não é preciso aglomeração nas creches e escolas, pois todos os cadastrados serão atendidos. Medidas de distanciamento físico e de higiene estão sendo cumpridas para garantir segurança às equipes de trabalho e aos beneficiados.

Novos cadastros continuam sendo realizados, preferencialmente pela internet, no site riopreto.sp.gov.br: clicar em ‘Serviços’ e buscar ‘kit de alimentação escolar’. Um tutorial com passo a passo auxilia no preenchimento do formulário. Caso não seja possível, o responsável pela criança pode fazer a solicitação presencialmente na unidade escolar em que ela está matriculada.

Isso é válido para pais e/ou responsável legal do aluno que não fizeram cadastro até 23 de abril e agora desejam fazê-lo, além daqueles que deixaram de retirar os alimentos nas datas estabelecidas. Essas solicitações serão atendidas a partir de junho. 

 

Por Da Redação em 12/05/2021 17:39