Cidades

Polícia Civil de Rio Preto recupera mais de 35 gados roubados de área rural da região

Ação dos investigadores feita em Novo Horizonte culminou na prisão de um homem suspeito de roubar aproximadamente 35 bois da raça nelore, em Borborema, a 126 quilômetros de Rio Preto

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto prenderam um homem de 44 anos suspeito de roubar ao menos 35 bois da raça nelore de uma propriedade rural de Borborema (SP), localizada a 126 quilômetros da cidade. A ação foi feita ontem (11), após diligências em Novo Horizonte (SP).

Segundo informações da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), um dos suspeitos tem 38 anos. Ele foi abordado pelos policiais em um caminhão carregado com 15 gados, às margens da rodovia Geraldo de Barros (SP-304), no município. Ao ser questionado, o homem informou que havia sido contratado por outro homem para transportar os animais. Os policiais então foram até o outro suspeito e o flagraram com 25 cabeças de boi. Ele teria dito que transportaria os animais junto com o conhecido até José Bonifácio.

Ainda de acordo com a polícia, os animais teriam sido carregados de uma propriedade em Borborema. No local, os policiais encontraram uma família em estado de choque, trancada em um dos cômodos da casa. Marido, mulher e filho teriam sido rendidos por quatro assaltantes, no período da tarde. O proprietário reconheceu 35 dos animais.

Os dois suspeitos foram detidos. Um deles será investigado por receptação, o outro foi preso por roubo qualificado. Ele vai ficar na carceragem da Deic, à disposição da Justiça. Os outros dois criminosos que teriam participado do roubo não foram encontrados. 

Ainda de acordo com a polícia, as investigações surgiram após o registro de aumento de furtos e roubos a propriedades rurais da região. Os alvos dos criminosos são maquinários agrícolas e insumos para o plantio e gado. A motivação dos crimes, de acordo com a Deic, seria a elevação do preço da arroba boi, que tem influenciado as ações de quadrilhas especializadas em furtar e roubar bovinos.

As investigações continuam em andamento.

 

Por Karol Granchi em 12/05/2021 16:50