Cidades

Mais de 29 mil alunos recebem Kit Alimentação Escolar nesta semana

Cadastrados até 21 de maio receberão alimentos perecíveis e não perecíveis; ação já distribuiu 923 mil kits únicos

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, com o apoio da Secretaria de Educação, efetua nesta semana nova entrega dos Kits Alimentação Escolar aos alunos da rede municipal de ensino. 

Nesta 13ª etapa da ação emergencial, serão contemplados 29.340 alunos de creches e escolas municipais que foram cadastrados por suas famílias até 21 de maio. A medida visa suprir a merenda escolar enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas, e já distribuiu  923 mil kits únicos desde o início de sua realização, em abril de 2020.

Na quinta-feira (10) e na sexta-feira (11), as crianças receberão um kit com alimentos não perecíveis, suficientes para 30 dias, e outro kit com alimentos perecíveis, ideal para até a próxima entrega, em 24 e 25 de junho.

“Os kits cumprem os padrões do Programa Nacional de Alimentação Escolar, atendendo exclusivamente cada aluno cadastrado. A partir dessa regulamentação, a quantidade e a variedade de gêneros por período de distribuição são definidas por nutricionistas do nosso Departamento de Alimentação Escolar. Famílias com dificuldade alimentar devem procurar os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) para solicitação de cestas básicas”, explica o secretário Pedro Pezzuto.

Crianças de 3 meses a 1 ano e 11 meses recebem:

- Kit de alimentos não perecíveis: 2kg de arroz, 2kg de leite em pó, 1kg de feijão, 500g de amido de milho, 500g de macarrão, 500g de fubá e 400g de biscoito

- Kit de alimentos perecíveis: 2 maçãs, 3 laranjas, 3 batatas-doces e 1 abobrinha

Crianças a partir de 2 anos levarão para casa:

- Kit de alimentos não perecíveis: 2kg de arroz, 1kg de feijão, 500g de fubá, 500g de macarrão, 1kg de leite em pó, 400g de biscoito, 400g de achocolatado, 1 óleo (900ml), 1 extrato de tomate (340g)

- Kit de alimentos perecíveis: 2 maçãs, 3 laranjas, 3 batatas-inglesas e 2 beterrabas

As equipes que realizam a entrega em creches e escolas adotam medidas de distanciamento e higienização. Não é preciso aglomeração nos locais, pois todos os cadastrados serão atendidos.

Os kits devem ser retirados exatamente nos dias anunciados, pois o não comparecimento do responsável gera exclusão automática do cadastro e impede o fornecimento de novos kits até que o cadastro seja refeito.

Na próxima entrega, em 24 e 25 de junho, os alunos receberão um novo pacote de alimentos perecíveis e proteína.

Qualidade garantida

A Cooperiopreto, cooperativa de produtores rurais credenciada pela Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp), é um dos fornecedores de frutas, legumes e hortaliças dos kits perecíveis de alimentação escolar. Atualmente, cerca de 30% dos 70 pequenos produtores rurais cooperados dependem exclusivamente da venda para merenda junto à Prefeitura.

“Para nós é de extrema importância essa cadeia de produção de famílias do campo que atendem famílias na cidade, especialmente os alunos da rede municipal. Trabalhamos de maneira coordenada com a Secretaria de Agricultura para suprir os cardápios definidos pelas nutricionistas”, explica o presidente da Cooperiopreto, Marcelo Caetano.

A variedade dos alimentos é definida conforme a safra, o que garante mais qualidade na produção. “Precisamos atender ao padrão de qualidade, que é exatamente o mesmo exigido nas vendas que fazemos para o comércio em geral”, comenta Caetano. Alimentos que excepcionalmente não cumpram esses critérios são devolvidos ao produtor e substituídos por novos.

Cadastramento continua

Novos cadastros podem ser feitos pelo site riopreto.sp.gov.br. A pessoa interessada deve clicar em ‘Serviços’ e buscar por ‘kit de alimentação escolar’. Um tutorial com passo a passo auxilia no preenchimento do formulário. Caso não seja possível pela internet, o responsável pela criança pode fazer a solicitação presencialmente na unidade escolar em que ela está matriculada.

Isso é válido para pais e/ou responsável legal do aluno que não fizeram cadastro até 21 de maio e agora desejam fazê-lo, bem como para aqueles que tiveram o cadastro excluído por deixarem de retirar os alimentos distribuídos em etapas anteriores. Essas solicitações serão atendidas a partir de julho.

Por Da Redação em 09/06/2021 17:12