Cidades

Rio Preto faz mutirão de limpeza, desentupimento e troca de tampas em bueiros

A largada dos trabalhos será na próxima segunda-feira, 14, às 7h30 no bairro Santo Antônio

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Serviços Gerais, inicia na próxima segunda-feira, dia 14 de junho, um mutirão de limpeza, desentupimento e troca de tampas de bocas de lobo . Serão duas  equipes, uma para a realização da limpeza e desentupimento, composta por  sete funcionários que irão utilizar  um caminhão basculante para retirada do lixo depositado dentro das bocas e um caminhão hidrojato para ajudar na limpeza mais pesada.. E outra equipe que irá fazer o serviço de troca de tampas, com três funcionários e um caminhão de apoio para o carregamento dos materiais a ser utilizados pelos funcionários, como informou o secretário Ulisses Ramalho.

O coordenador desse mutirão específico é Antonio Carlos dos Santos que afirma: “Serão limpas  em média, aproximadamente 10 bocas de lobo por dia,  cerca de 220 bocas por mês, contando dias úteis, e 660 em três meses de uso do hidrojato. A expectativa é retirar cerca nove  toneladas de lixo por dia”, afirmou.

As equipes fizeram um levantamento dos locais e bairros com maior índice de registros e ocorrências de alagamento e entupimento das bocas de lobo que  passarão por limpeza: Nova Esperança, Cidadania, Santo Antônio, Jardim Antunes, Maria Lúcia, Cristo Rei, Vila Toninho, Cambuí e São Marcos. Também serão realizadas limpeza nas bocas de lobo nas principais avenidas da cidade: Av. Murchid Homsi, Av. Bady Bassit, Av. Alberto Andaló, Av. Ernani Pires Domingues, Av. Philadelpho Gouveia Neto, Av. Lotf João Bassit, Av. Danilo Galeazzi, Av. Solon Varginha e Av. Maria da Silva Dória.

Foram encontradas aproximadamente de cinco a sete tampas por dia, cerca de 80 a 100 tampas de boca de lobo no mês, informa Carlos. As tampas de bocas de lobo são de concreto reciclado e, como outros artefatos, são fabricadas pela própria secretaria de Serviços Gerais na Usina de Reciclagem de Entulho da Construção Civil.

Outro levantamento foi realizado por ruas e principais avenidas  e segundo o coordenador Antonio Carlos,  existe a necessidade de troca de várias peças e de arrastões em determinados lugares como os bairros  Nova Esperança, Cidadania, Santo Antônio, Antunes, Maria Lúcia, Cristo Rei, Vila Toninho, São Marcos e também nas principais avenidas Murchid Homsi, Bady Bassit, Alberto Andaló, Ernani Pires Domingues, Philadelpho Gouveia Neto e outros locais que forem identificados pelas equi às 7h30 , na Rua Josefina Athanázio esquina com a Rua Ida Tagliavini Polachini  (antiga rua 44 esquina com Rua 8), bairro Santo Antônio, região norte de Rio Preto.

Por Da Redação em 11/06/2021 14:54