Cidades

Polícia Rodoviária apreende três tratores em rodovia de Rio Preto

Caminhão que fazia o transporte também foi apreendido

Era por volta da 01 hora de hoje, 22 de julho, quando Policiais Militares Rodoviários faziam o patrulhamento de rotina pela rodovia Washington Luis, próximo ao cruzamento com a BR 153, quando viram um caminhão que tracionava três tratores. Os militares decidiram fazer a abordagem.

Segundo o boletim de ocorrência, os tratores eram um da marca Valtra, amarelo, outro Massey-Ferguson vermelho e New Holland azul. Com o motorista de 63 anos nada de ilícito foi encontrado. Ao ser questionado sobre os veículos, ele disse que tinha pegado os tratores em Santa Catarina, mas não soube informar o município, e levaria até a cidade de Jataí, em Goiás. Contudo, o condutor não soube dizer quem o teria contratado.

Os policiais encontraram divergências na nota fiscal, como horário de carregamento e também na marca dos tratores, visto que dois seriam da marca Massey Ferguson, e nenhum seria da marca Valtra. O trator da marca New Holland apresentava o chicote de ignição violado e exposto.

Questionado sobre a rota, os policiais estranharam, pois, o mais comum seria seguir pela rodovia Washington Luis até a divisa com Mato Grosso do Sul e posteriormente entrar no estado de Goiás. Como o condutor foi abordado já na BR 153, o motorista mudou a versão e disse que entregaria os tratores em um posto de combustíveis em Itumbiara, também em Goiás.

O caminhão e os tratores foram levados para o plantão policial e apreendidos. O motorista foi ouvido e liberado, mas será investigado pela Polícia Civil. Ele só foi liberado porque até neste momento a Polícia não tinha informação de um roubo acontecido em um sítio de Monte Aprazível.

Desdobramento

Um homem de 27 anos, filho do proprietário de um sítio no município de Monte Aprazível, procurou a delegacia daquela cidade na manhã de hoje (22) para comunicar um crime de roubo. Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 19 horas de quarta-feira (21), ele e a família estavam no sítio quando 10 homens, todos com máscaras, capuz e luvas, armados com revólveres, pistolas e espingarda, renderam os moradores que foram trancados.

Eles desligaram o sistema de internet da casa e levaram o sistema de gravação das câmeras de segurança da propriedade. Parte da quadrilha seguiu para o barracão do sítio. Outra parte ficou na casa com os reféns. Um tiro chegou a ser disparado, mas ninguém se feriu.

Eles roubaram roupas, joias, dinheiro, carne, celulares, ferramentas, defensivos agrícolas, além de três tratores e outros três veículos (uma triton, um gol e um ônix).

No barracão, ainda segundo o boletim de ocorrência, os criminosos tiraram o aparelho de GPS de um dos tratores. Os três tratores foram colocados em um caminhão para serem levados.

Os reféns estavam em um dos quartos até por volta das 23 horas. Em seguida eles foram levados para o barracão e trancados dentro de uma carroceria baú. Eles ficaram dentro do local até por volta das 02h30 de quinta-feira (22), quando escutaram os veículos saindo e os indivíduos trancando o barracão.

Eles só conseguiram se libertar por volta das 05 da manhã. Por volta das 6 da manhã, constataram que não tinha mais ninguém no local.

Eles só conseguiram chegar à delegacia de Monte Aprazível por volta das 11 da manhã onde o caso foi registrado.

Matéria atualizada às 11h41

Por Da Redação em 22/07/2021 09:22