Cidades

Morre aos 58 anos Alicinha Cavalcanti, uma das maiores promoters do Brasil

Promoter, que morou em Rio Preto, foi vítima de Afasia Progressiva Primária (APP)

Morreu nesta segunda-feira (2), Alicinha Cavalcanti, uma das maiores promoters do Brasil - trajetória escrita ainda adolescente, quando deixou Rio Preto para tentar carreira em São Paulo.  Ela era casada com o empresário Rodrigo Biondi.

Alicinha foi vítima de Afasia Progressiva Primária (APP), doença rara que lutava desde 2015, quando foi diagnosticada.

Na época, ela foi afastada das atividades e foi mantida com assistência médica domiciliar por 24h. Nos últimos meses de vida, o quadro se agravou. 

Querida e conhecida pelos famosos, Alicinha foi homenageada pela apresentadora Astrid Fontenelle: “Perdi hoje minha amiga mais sapeca e deliciosa. Mulher forte. Mulher amorosa. Lutou bravamente contra uma doença que até hoje não conheço o nome. Alicinha era puro AMOR. E pelo Gabriel então… seria sua madrinha de consagração. Hoje virou estrela. Meus sinceros sentimentos ao Rodrigo que esteve com ela nessa luta num dos pactos de AMOR mais lindo que vi”, escreveu Astrid em sua conta no Instagram.

Outra grande amiga de Alicinha, a jornalista Marília Gabriela, também usou as redes sociais para homenageá-la: "Minha amiga mais linda, mais generosa, amiga que não se abatia com nada, que a tudo vencia com ânimo e alegria, Alicinha Cavalcanti, nos deixou hoje para sempre. Foi super combativa em sua luta contra a infelizmente invencível Afasia Progressiva Primária. Lutou e lutou até hoje pela manhã. Vai deixar um imenso vazio em cada pessoa que passou pela sua vida. E teve a sorte grande de ter um marido especial e amoroso durante 16 anos, o Rodrigo Biondi, seu companheiro até seu último suspiro. Ah, Lilizinha querida, você vai fazer uma falta danada. Até qualquer hora, se for assim que as coisas se dão. Obrigada por tudo, obrigada por tanto. Vai em Paz, querida”.

Por Da Redação em 02/08/2021 16:04