Cidades

Estiagem intensa pode ter provocado mortandade de peixes em Votuporanga

Saev Ambiental e Cetesb investigam morte de peixes no Córrego do Marinheiro

A mortandade de peixes tem sido registrada nos últimos dias no Córrego do Marinheiro, em Votuporanga. No fim de semana, moradores da cidade registraram imagens do córrego supostamente poluído por esgoto e compartilharam vídeos nas redes sociais. 

Nesta segunda-feira (13), técnicos da ETE (Estação de Tratamento de Esgotos) da Saev Ambiental em conjunto com a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) estiveram no local para a avaliação mais detalhada da situação, segundo informou a assessoria de comunicação da autarquia. 

De acordo com a Saev, o Córrego do Marinheiro é um ponto de lançamento de efluente, e segue todos os índices estabelecidos pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), conforme o Decreto Estadual nº 8.468, de 08 de Setembro de 1976, que dispõe sobre a prevenção e o controle da poluição do meio ambiente. Dados preliminares apresentados pela análise apontam que a estiagem intensa dos últimos meses seja um fator preponderante para a mortandade de peixes.

No último domingo (12/9), equipes da Saev Ambiental estiveram em alguns dos pontos de monitoramento e a presença de peixes mortos não foi constatada especificamente nesta data. A Saev e a Cetesb seguem com o trabalho de análise da água para que o órgão estadual emita um laudo técnico sobre as causas do incidente.

Por Da Redação em 13/09/2021 14:30