Cidades

Idosa é vítima de violência física e psicológica em Bady Bassitt

A agressora seria a própria filha de 64 anos de idade

Uma idosa de 82 anos procurou a delegacia de Bady Bassit para registrar as agressões que vinha sofrendo por parte da filha, uma mulher de 64 anos.

Segundo o boletim de ocorrência, a filha da vítima maltratava a cachorra de estimação da idosa, xingava a própria mãe, além de agredi-la com puxões de cabelo e empurrões, o que fazia com que a vítima caísse.

A idosa relatou para a polícia que a filha proibia que ela convivesse com o animal de estimação. Também proibia a mãe de dormir a hora que ela quisesse, chegando a tirar o colchão da cama para que ela só dormisse no horário em que a filha permitisse.

Também era proibido, segundo a vítima, de se alimentar quando quisesse. A idosa contou que a filha dizia que ela cuspia na comida enquanto falava.

A mulher contou também para a polícia que a última agressão física teria acontecido a aproximadamente 15 dias, mas que as agressões psicológicas, com xingamentos, eram constantes. Por isso, a idosa decidiu ir embora para a cidade de Campinas (SP), onde irá residir com outra filha. Ela decidiu representar contra a filha devido as agressões tem sofreu.

O boletim de ocorrência diz também que há aproximadamente 15 dias a cachorra da vítima faleceu, e que a filha não permitiu que ela se despedisse do animal.

O caso foi registrado como violência doméstica, violência psicológica contra a mulher, injúria e vias de fato e será investigado pela polícia. Ninguém foi preso.

 

Por Da Redação em 12/10/2021 09:14