Cidades

Homem que matou artista circense se entrega à polícia e dá detalhes sobre o crime

Preso preventivamente, ele foi levado para a cadeia de Catanduva

Foi preso em flagrante o artista circense André Luis Coutinho, de 18 anos, que na madrugada do último sábado, 6, matou a acrobata Kauany de Moraes, de 32 anos, no motor home que o casal dividia. Ambos eram atrações do Circo Encantado, atualmente acampado em Catanduva.

Embora a informação tenha sido mantida em sigilo pela Polícia Civil, a reportagem apurou que André se entregou horas após o crime e indicou que estava no bairro Jardim Alpino, onde foi encontrado por policiais militares.

Aos agentes, ele afirmou que é usuário de cocaína e, na madrugada do crime, Kauany tentou impedir que ele fizesse uso da droga. Ela teria o empurrado, André se irritou, pegou uma tesoura e atacou a companheira no pescoço. O casal estava junto há apenas três meses.

Já no Plantão de Catanduva, o suspeito decidiu manter-se em silêncio e afirmou que falaria somente em juízo.

Ele já foi submetido à audiência de custódia e a juíza Patrícia da Conceição Santos decidiu converter a prisão em flagrante em prisão preventiva. André foi levado para a cadeia pública Catanduva.

O caso é tratado como feminicídio.

Segundo o apurado pela Polícia Civil da cidade, por volta das 3h de sábado o casal se desentendeu e André atacou Kauany com um objeto perfurante na região cervical. Após o crime, ele fugiu levando a arma. Kauany morreu no local.

Apesar de ter emitido nota oficial lamentando a perda trágica de uma integrante da equipe, o Circo Encantado foi duramente criticado nas redes sociais por ter decidido manter os espetáculos de domingo. Nas redes sociais, uma jovem que pertence à família justificou que o circo foi prejudicado pela pandemia e que a dificuldade financeira era a razão para a decisão, além do compromisso com o público que já tinha comprado ingressos antecipadamente.

Kauany é de Corumbá, estado do Mato Grosso do Sul. Uma funerária cobrou R$ 10 mil para realizar o traslado do corpo e a família organizou uma campanha de arrecadação para juntar o montante.

Por Joseane Teixeira em 09/11/2021 07:52