Redes Sociais

Cidades

Centro de Valorização da Vida inaugura nova unidade na região

Em Rio Preto, foram 58.712 atendimentos realizados pelo CVV em 2021 – aumento de 10% em comparação com 2020

Publicado há

em

O Centro de Valorização da Vida (CVV), uma entidade sem fins lucrativos que atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio há 60 anos, inaugurou neste sábado, 9, uma nova unidade de atendimento na cidade de Catanduva (SP). Além desse novo espaço, o CVV também possui unidades em Rio Preto e Votuporanga. 

Para viabilizar a inauguração da unidade, foi criada a AVIVA – Associação para Valorização da Vida, entidade mantenedora que administrará o posto do CVV de Catanduva.

O CVV atende nacionalmente por meio do 188, número telefônico sem custo de ligação, chat, e-mail e presencialmente. Os voluntários do CVV em Catanduva atenderão as pessoas por meio do 188 e, futuramente, em outras modalidades de apoio emocional da entidade. Ao todo, já são 40 voluntários aptos para atuarem na cidade. 

O atendimento é oferecido por meio de uma conversa acolhedora e sigilosa, sem julgamentos ou aconselhamentos. Não substitui o atendimento psicológico ou psiquiátrico e auxilia a pessoa que se encontra em um momento de profunda tristeza, sensação de solidão, medo ou angústia a desabafar, reorganizar suas ideias e sentimentos e se sentir acolhida e respeitada.

Aumento nos pedidos de ajuda

De acordo com dados do CVV, houve um aumento de quase 10% nos números de atendimentos de pessoas com algum problema emocional na unidade de Rio Preto. Foram 58.712 atendimentos em 2021, contra 54.361 chamados em 2020.

Como ser voluntário

Para se tornar voluntário, é preciso ter pelo menos 18 anos de idade, tempo e disposição para realizar os plantões semanais e acolher as pessoas sem julgamentos ou aconselhamento. Os interessados precisam realizar o curso de Preparação e Seleção de Voluntários disponível online (cvv.org.br) ou no próprio posto do CVV em Catanduva.

AS MAIS LIDAS