Redes Sociais

Cidades

Adolescente denuncia policial militar suspeito de agredi-la com tapas em Rio Preto

A vítima disse que teria sido levada para atrás de uma escola, onde houve a agressão

Publicado há

em

Uma adolescente de 17 anos procurou a Central de Flagrantes para denunciar que foi agredida com tapas no rosto por um policial militar na noite desta quarta-feira, 18, no bairro São Deocleciano, em Rio Preto. 

A vítima contou à Polícia Civil que estava em frente à Escola Estadual Sônia Maria Venturelli, quando dois policiais militares chegaram e entraram na instituição. Uma mãe de outra aluna estaria discutindo com o vice-diretor da escola, por isso a PM pode ter sido acionada. 

Segundo o boletim de ocorrência, no momento em que a adolescente estava na calçada, um policial teria puxado ela pelo braço e a levado para atrás da escola. A vítima contou que, em seguida, o PM agrediu ela com três tapas no rosto. O policial ainda disse para não 'mexer' mais com a sua filha.

Depois da suposta agressão, a adolescente voltou para a escola e contou para algumas pessoas, porém o policial negou o fato. 

A vítima compareceu junto com a mãe na delegacia e o caso vai ser investigado.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar a respeito da agressão denunciada pela adolescente. Por meio de nota, a PM respondeu que instaurou investigação preliminar para apurar o caso.

AS 10 MAIS LIDAS