Com frio intenso, Assistência Social aborda pessoas em situação de rua

A intenção é oferecer acolhimento provisório com distribuição de cobertores durante as abordagens

Com previsão de novas frentes frias para a próxima semana em Rio Preto, a Secretaria de Assistência Social (Semas), por meio do Centro POP – Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, em parceria com o Albergue Noturno, Casa do Cireneu Irmã Tereza na Providência de Deus e Comunidade Só Por Hoje, intensificou o trabalho de sensibilização das equipes de abordagem social para encaminhamento das pessoas em situação de rua aos acolhimentos ampliados provisoriamente.

No começo deste mês, a Semas ampliou as ações integradas para pessoas em situação de rua devido às frentes frias e período de inverno, com a oferta de cobertores e de novas vagas para acolhimento. Atualmente, o município conta com 167 vagas para acolhimento, sendo 100 pela Casa do Cireneu e 67 pelo Albergue Noturno.

Desde a ampliação do acolhimento, os espaços ainda não atingiram a capacidade máxima. O Albergue Noturno recebeu uma média de 33 pessoas para pernoite, ou seja, 49% do total da sua capacidade. A Casa do Cireneu chegou a ocupar 81 das suas vagas, representando 81% da capacidade do espaço.

“Nosso maior desafio realmente é sensibilizá-los para a saída das ruas, e existe uma preocupação muito grande principalmente com os idosos que são mais vulneráveis. Por isso, precisamos realizar a abordagem com muito cuidado e sensibilidade no diálogo, especialmente durante essas frentes frias”, comentou a secretária de Assistência Social Helena Marangoni.

A distribuição dos cobertores é feita pelas equipes de Abordagem Social, sendo disponibilizados também no Centro POP, Albergue Noturno e Casa do Cireneu. A previsão é que sejam entregues aproximadamente 300 cobertores até o início do inverno. Além disso, o Fundo Social de Solidariedade apoia a ação com a distribuição de roupas de inverno arrecadadas pela Campanha do Agasalho.

No Centro POP, o horário de funcionamento foi estendido para as 20h, fornecendo banho em período noturno e realizando o atendimento para o encaminhamento à Casa do Cireneu – que acontece por meio de uma van disponibilizada aos usuários do Serviço que aceitarem o acolhimento. As refeições de café da manhã, almoço e jantar são realizadas através da distribuição de tíquetes para o Restaurante Bom Prato.

Para acolhimento no Albergue Noturno, o público interessado deve se dirigir à Rua Independência, 2611 – Centro, onde são disponibilizados jantar e café da manhã em casos de pernoites.

 

Por Da Redação em 14/05/2022 09:39