Redes Sociais

Cidades

Criminosos que furtaram 50 cabeças de gado são condenados a até 17 anos de prisão

Os três réus furtaram os animais em 2018 e 2020, na região de Rio Preto

Publicado há

em

O furto de 50 cabeças de gado de uma fazenda em Paulo de Faria, a pouco mais de 100 quilômetros de Rio Preto, rendeu a três réus denunciados pelo Ministério Público de São Paulo (MPSP), condenações que variam de 12 anos 7 meses e 4 dias de reclusão a 17 anos, 7 meses e 9 dias de prisão.

Na apuração do caso, constatou-se que os três réus, que subtraíram os animais em 2019 e 2020, dividiam tarefas para a prática do crime.

Em regra, segundo o Tribunal de Justiça de SP, um deles era o responsável por escolher a propriedade rural a ser furtada, providenciar a logística e vigiar o local.

Os outros dois se concentravam na movimentação do gado. A sentença foi proferida neste mês de junho.

 

 

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS