Redes Sociais

Cidades

Mãe procura delegacia após filha quebrar o braço enquanto dirigia jet ski

O pai está sendo investigado por permitir a criança, de 10 anos, de pilotar a moto aquática

Publicado há

em

Uma mulher procurou a Central de Flagrantes na tarde desta terça-feira, 26, para denunciar o ex-marido por deixar a filha do casal, de 10 anos, pilotar um jet ski, no Ribeirão do Borá, em Mendonça. A criança quebrou o braço após sofrer um acidente enquanto pilotava a moto aquática. 

A mulher contou à Polícia Civil que as três filhas passam os finais de semana com os pai. No dia 16 de julho, o homem levou as meninas para passearem no rancho. Após andar de jet ski com o pai, a menina passou a pilotar o veículo sozinha, segundo o boletim de ocorrência.

De acordo com o registro policial, a menina ainda levou a irmã mais nova, de 6 anos, para andar na garupa da moto. Quando o veículo estava em movimento, a criança acelerou e a corda de outra embarcação atingiu a sua cabeça e o rosto.

Para tentar evitar que a irmã também ficasse ferida, a menina segurou a corda com a mão, que enroscou no seu braço e lesionou os ossos. 

O caso foi registrado como dar permissão de dirigir veículo automotor a pessoa não habilitada e deve ser investigado pelo 3º Distrito Policial.

AS 10 MAIS LIDAS