Redes Sociais

Cidades

Polícia Civil deflagra ‘Operação Balada’ em Rio Preto

1,7 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos

Publicado há

em

O Núcleo de Polícia Judiciária 1º, 2º e 5º DP SIG Sul deflagrou nesta segunda-feira (25), em Rio Preto, a Operação Balada, com o objetivo de prender traficantes de drogas sintéticas e realizar a apreensão do entorpecente. Ao todo 1,7 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos na ação.

Segundo a Polícia Civil, os policiais faziam uma campana em frente à uma república perto da Unesp, no Jardim Nazareth, quando conseguiram flagrar a droga chegando pelos Correios. O morador que recebeu a encomenda foi abordado e contou aos policiais o local de trabalho do “destinatário”. Ele foi preso em flagrante em uma loja, no centro da cidade, e confessou que fez a encomenda do produto pela internet.

No bairro Santo Antônio, na região norte, uma mulher de 53 anos, que tem vários antecedentes criminais e saiu da cadeia no final do ano passado, foi flagrada pela equipe recebendo outra “encomenda” de um furgão, que estava em frente à casa dela. Na caixa estavam 700 comprimidos da droga, que foram apreendidos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, ela atua como cuidadora de idosos e é irmã de Mário Sérgio Costa, conhecido como “Esquerda”, ex-líder de uma facção criminosa que comanda o tráfico de drogas em Rio Preto. Ele morreu em 2017.

Ela e o outro suspeito estão presos na delegacia à disposição da Justiça.

AS 10 MAIS LIDAS