Redes Sociais

Cidades

Tapa em capô e medo teriam provocado acidente, afirma Pupo

Delegado da Polícia Civil e vereador do PSDB foi ouvido na Central de Flagrantes após acidente

Publicado há

em

O vereador do PSDB e delegado da Polícia Civil, Renato Pupo, que teve o filho de 21 anos vitimizado em um grave acidente na avenida Presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira, na madrugada do sábado (9), em Rio Preto, informou na Central de Flagrantes que os jovens teriam ficado com medo após um desconhecido dar um tapa no capô do automóvel.

De acordo com o boletim de ocorrência atualizado na noite de ontem, Pupo compareceu na delegacia e disse que conversou com o filho. A versão do jovem é que ele e os quatro amigos estavam no veículo parado no sinal vermelho do semáforo quando outro carro, ocupado por quatro ou cinco pessoas, parou ao lado.

Um desconhecido teria descido do automóvel e dado um tapa no capô do Corolla onde os jovens estavam. Eles teriam ficado com medo – o motorista teria acelerado para fugir, perdido o controle e batido no poste.

Rodrigo, filho de Pupo, chegou a ser arremessado e sofreu fratura com rompimento no tornozelo. Ele passou por cirurgia.

No automóvel também estava a filha de 20 anos da ex-vereadora e ex-candidata a prefeita de Rio Preto pelo PT, Celi Regina. Os jovens estão bem, apesar dos ferimentos.

O motorista de 20 anos, que é filho de um funcionário da Câmara Municipal, foi intubado e está internado no Hospital de Base. O estado de saúde dele é delicado, segundo o parlamentar.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela PM, que atendeu o caso, os jovens teriam saído de uma casa noturna e se envolvido em um racha – o motorista do outro automóvel seria amigo do jovem de 20 anos que dirigia o Corolla.  Ele teria perdido o controle da direção e batido no poste após a “brincadeira”.

As pessoas envolvidas no outro carro não foram encontradas.

Pupo informou nas redes sociais que cancelou a agenda de compromissos da semana. Ele também ressaltou que os jovens não se envolveram em racha e pediu oração aos envolvidos.

AS 10 MAIS LIDAS