Redes Sociais

Cidades

CPP registra outro caso de reeducando com drogas no estômago

Suspeito negou que tivesse ingerido qualquer entorpecente, mas acabou preso, agora em regime fechado

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Mais um caso de reeducando do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) ‘Dr. Javert de Andrade’ com drogas dentro de corpo foi registrado nesta segunda-feira (22). De acordo com informações do boletim de ocorrência, o homem de 44 anos expeliu pelo menos cinco porções de maconha, em horários diversos.

Agente penitenciário relatou na delegacia que o suspeito retornou do serviço fora da unidade prisional e, ao passar pelo scanner, foi constatado um ‘corpo estranho’ no estômago do envolvido, que negou que tivesse ingerido qualquer tipo de entorpecente. Levado ao Hospital de Base, porém, recebeu medicamento para expelir os pacotes. Durante a madrugada, expeliu um dos embrulhos e por volta de 12h30 do dia seguinte, um segundo pacote.

Submetido a exame de raio-x ficou constatado que não havia mais nada ilegal no corpo do reeducando, mas continuou em observação sob escolta policial. O agente penitenciário, no entanto, afirmou que a quantidade inicial expelida era de três porções de maconha. Mais tarde, o homem expeliu outros dois embrulhos durante a noite.

O delegado de plantão determinou a prisão preventiva do suspeito, sem direito à fiança e em regime fechado e o reeducando permanece preso e à disposição da Justiça.

AS MAIS LIDAS